segunda-feira, 14 de junho de 2010

O Mar já não existe!


"E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram e o mar já não existe". Ap 21:1.


O alvo e a expectativa final da fé da Igreja é de um novo mundo, transformado e redmido, onde Cristo permanecerá com seu povo e a justiça reinará em santa perfeição. O amoroso apóstolo João, tem o vislumbre de um futuro bem próximo onde os Escolhidos do Senhor terão uma recompensa por todas as adversidades que enfrentaram aqui neste tempo presente (Rm 8:18), ele observa atentamente a visão de um novo céu e de uma nova terra na qual nunca havia visto antes, fico a imaginar que visão maravilhosa teve nosso irmão João. Porém, o que me chama a atenção nesse episódio vivido pelo apóstolo, é justamente o que ele (João) não viu, é a última parte do versículo supracitado onde ele diz: "E O MAR JÁ NÃO EXISTE", Interessante não? fiquei a meditar então na referência que João faz por não contemplar naquela visão o MAR, a partir de então, Deus me fez entender a mensagem que João queria passar para os leitores deste capítulo tão peculiar. Quando João enfatizou que O mar não existe entendi que alguns significados importantes existem por tráz desta frase:


Mar simboliza: Inquietação, Dúvidas e Separação:

O apóstolo do amor era um pescador por profissão (Mc 1:19,20), portanto sabia muito bem lidar com o mar e as suas intempéries. Quantas madrugadas frias e escuras não passou João nas águas geladas do mar da Galiléia exercendo seu papel de pescador, porém, sabia ele o quanto era difícil lutar contra o vai e vem das ondas, as cheias das marés e a dificuldade de pescar em um mar revolto e Inquieto. João ao contemplar a visão, enfatiza que o Mar já não existe, entendo que ele lembrou-se de quantas vezes teve que enfrentar águas agitadas, tempestades com fortes ventos, a própria inquietação dos discípulos ao ver o seu barco indo quase a pique e Jesus levantando-se na ocasião e repreendendo a Inquietação do mar e a fúria do vento (Mc 4:35 ao 41), então, ele se depara com a visão dizendo: Eu ví um novo céu, e uma nova terra, mas Mar eu não vi. oh glória. quando chegarmos ao céu e desfrutarmos desta gloriosa visão que teve João, não existirá mais Inquietação alguma que nos tire a paz, a tranquilidade, a bonança, nãom viveremos mais preocupados com o amanhã, nem com o que vai acontecer no futuro. Não haverá mais ansiedade que corrói a alma e nem frustrações que dilaceram corações, mas, somente haverá alegria e gozo eternal, pois, O Mar já não existe .

Não haverá mais Dúvidas:

Assim como Inquietação, o mar simboliza Dúvida, porquê? porque todas as vezes que os discípulos levavam seus barcos para o mar para a pesca, eles não sabiam o que iriam encontrar pela frente, simplismente se preparavam, colocavam suas redes no barco, seus acessórios de pesca e partiam para mar alto no intuíto de trazerem seu sustento, porém, não havia uma certeza de pesca bem sucedida e quantas vezes eles voltaram para praia de mãos vazias sem nenhum peixe em suas redes, lembremos que em uma ocasião Jesus manda os discípulos voltarem ao mar alto e jogarem as redes, pois naquela madrugada não haviam pescado nada, mas, segundo a palavra de Jesus, eles entraram novamente no barco e obedeceram a palavra do Mestre, quando recolheram as redes haviam muitos peixes que quase rompiam as redes (Mc 5:1 ao 11).


Nosso dia a dia não é diferente, fazemos nossos deveres, tomamos decisões porém, em muitas situações encontramos dúvidas, faço ou não faço, prego ou não prego, canto ou não canto, e muitas outras interrogações que invadem a nossa mente, quanto mar de dúvidas não enfrentamos no nosso dia a dia, mas João nos anima afirmando com toda avidez, que quando chegar o grande dia o Mar de Dúvidas não existirá, tudo será visível, esclarecedor, limpo, claro e objetivo, não haverá mais SEPARAÇÃO , como existem nos mares aqui desta terra, como por exemplo os OCEANOS ( Índico, Pacífico, Atlântico) que separam os continentes e os povos , nações e etnias, mas na visão de João o Mar não existe, então podemos afirmar segundo a Palavra que lá não haverá separação alguma, Jesus disse:


"Quem vencer herdará todas as coisas, e eu serei seu Deus, e ele será meu filho." ( Ap 21:7), estaremos então para sempre com Ele, veremos seu rosto, e reinaremos com ele em glória para todo sempre, amém.


Tenhamos a certeza que este glorioso dia está muito mais perto de nós, do que quando aceitamos a fé, ora vem Senhor Jesus.


Nele que virá muito em breve para nos buscar;


Ev. Anderson Araújo.

5 comentários:

  1. Shalom!

    Amado Anderson, parabenizo por este texto. Ampliando a idéia o mar, é símbolo daquilo que contamina (Is 57.20). O mar, também é símbolo daquilo que ameaça a harmonia do universo. Por isso, do mar emerge a besta que perseguirá a igreja (Ap 13.1). Portanto, ausência do mar, significa ausência de qualquer coisa que interfira com dita harmonia. No novo céu e nova terra, não haverá mais rebelião, contaminação e pecado.

    Um abraço, Pr Marcello

    ResponderExcluir
  2. Caro amigo Pr. Marcelo Oliveira;

    Shalom;

    Obrigado por sua visita e honrosa contribuição a este texto incluindo outros simbolismos para o Mar enriquecendo muito mais o entendimento desta revelação. Que o Eterno continue te abençoando e usando-o com poder e autoridade.

    Um grande abraço;

    seu conservo e aprendiz;

    Ev. Anderson Araújo.

    ResponderExcluir
  3. Grande Obreiro, preciso afinar amizades com pessoas como vc, que possuem a capacidade mental (dádiva do alto) de detectar na bíblia detalhes tão interessante. parabns.

    Só a título de contribuição, me ocorreu enquanto lia seu texto, que a visão de João comparada a visão do povo de israel (na saída do Egito e na entrada da terra prometida, é muito mais gloriosa, pois os israelitas virão o mar vermelho aberto, milagre que lhes possibilitou a caminhada até a terra prometida, e viram ainda o rio jordão terem suas águas detidas em forma de barragem, para que podessem entrar e tomar posse da promessa. Mas João nos conta algo mais maravilhoso, à nós, Deus eliminará o mar, não haverá nada entre nós e o novo Ceu.

    gostaria de receber sua visita no meu blog, e compartilhar minhas ideias, não muito convencionais, mas bíblicas. assim como merecer seus comentários.

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de saber dos amados, ao que se refere o texto de Ap 4.6 e Ap 15.2. Um mar de vidro e um mar de vidro misturado com fogo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão, não sou perito no assunto, mas creio que João esteja apenas tentando descrever o que viu
      A glória e a majestade das coisas celestiais não são descritas facilmente, sendo assim, João estava usando os elementos que ele conhecia para tentar explicar o que via.

      Excluir